Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Cada antena do Internet para Todos representa o esforço do governo para levar banda larga aos municípios

INCLUSÃO DIGITAL

Cada antena do Internet para Todos representa o esforço do governo para levar banda larga aos municípios

Internet para Todos

Reunião sobre o programa Internet para Todos

Em reunião com prefeitos da região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo, o ministro Gilberto Kassab apresentou, no dia 5/3 em Registro, o programa Internet para Todos, que vai levar conectividade a localidades de todo o país sem acesso à banda larga. Ele explicou que a internet será fornecida pelo Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), lançado ao espaço em maio de 2017.

Segundo o ministro, a crise econômica chegou a ameaçar o repasse de recursos para o SGDC. “Mas por que cortar algo que seria tão benéfico para o país e para o seu desenvolvimento?”, defendeu Kassab à equipe econômica do governo federal. Mantido o repasse, o satélite recebeu R$ 3 bilhões em investimentos, que agora permitem uma série de benefícios para a população.

Primeiro, um convênio firmado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações com o Ministério da Defesa vai consumir 30% da capacidade do satélite e garantir o monitoramento de 100% das fronteiras brasileiras.

Um segundo convênio com o Ministério da Educação levará banda larga para todas as escolas públicas do país. “Já neste ano disponibilizamos 7 mil pontos, e começamos a fazer as primeiras instalações nas escolas”, afirmou Kassab.

Outro convênio foi fechado com o Ministério da Saúde para implantar internet em hospitais e postos de saúde, melhorando a gestão pública e a qualidade dos serviços prestados à população. Com as prefeituras, serão firmados convênios para a instalação de antenas para distribuição da banda larga. Os primeiros acordos serão assinados no dia 12 de março no Palácio do Planalto em Brasília. No dia seguinte, será fechado o primeiro lote com os municípios que aderiram ao Internet para Todos. “Quem estiver neste primeiro lote, já no mês de maio começa a receber as antenas”, lembrou Kassab.

Ele explicou ainda que o custo para a prefeitura é zero. O usuário paga pela internet, mas uma tarifa reduzida. “É um investimento muito grande. Por trás de cada antena, há R$ 3 bilhões que foram investidos e que nos permitem agora transformar a vida de muita gente.”

 

Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações