Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Evento Plataforma São Paulo Inteligente — Desafios e Oportunidades (30/10/2018)

CIDADE INTELIGENTE

Evento Plataforma São Paulo Inteligente — Desafios e Oportunidades (30/10/2018)

Na terça-feira, 30/10, a Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT), junto a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo (PRODAM), organizaram o evento “Plataforma São Paulo Inteligente”, que reuniu servidores para refletir sobre os desafios e oportunidades para uma São Paulo mais inteligente e humana.

O encontro contou com 150 convidados (as) e ocorreu na Sala do Conservatório da Praça das Artes (Av. São João, 281). Estavam presentes o especialista em Smart Cities Bill Finnerty, da Gartner – empresa de consultoria e pesquisa sobre tecnologia —, Secretários e Secretárias Municipais, Presidentes de empresas municipais, Analistas de Políticas Públicas e Gestão Governamental (APPGG), Analistas de Planejamento e Desenvolvimento Organizacional de TI (APDO-TI), Auditores Fiscais de TI, Líderes de áreas setoriais de Tecnologia da Informação, entre outros convidados (as).

André Tomiatto, Coordenador de Gestão de Tecnologia da Informação e Comunicação (CGTIC/SMIT), foi o anfitrião do evento, e chamou ao palco para abrir a abertura o Secretário de Inovação e Tecnologia Daniel Annenberg, a Secretária de Desenvolvimento Econômico Aline Cardoso, o Secretário de Gestão Cesar Angel Boffa de Azevedo e o Presidente da Prodam Rogério Brecha.

Em suas falas focaram nos benefícios de uma São Paulo mais Inteligente, “com um governo único para o cidadão único, responsivo, holístico, que toma decisões baseadas em dados e é utilizado como plataforma” (Daniel Annenberg) e, também, sobre “a importância da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia para a cidade” (Aline Cardoso). Em suma, destacaram como a Prefeitura precisa focar no esforço de acompanhar as mudanças que a cidade paulistana passa, em decorrência da revolução das tecnologias de informação e comunicação, para que seja possível melhor atender e prestar serviços aos cidadãos (ãs).

O segundo bloco do evento foi uma palestra do especialista Bill Finnerty, que mostrou exemplos de ações de cidades inteligentes ao redor do mundo, principalmente ao que diz respeito à colaboração entre cidadão-governo e destacou os 3 pilares fundamentais para a transformação das cidades tradicionais em “smart cities”: (1) Ecossistema, (2) Colaboração e (3) Plataforma. Após isso finalizou mostrando recomendações voltadas especificamente para a Prefeitura de São Paulo no que diz respeito à sua estratégia de transformação digital e de tornar a cidade mais inteligente e humana.

O terceiro bloco foi uma oficina entre os participantes, conduzida pelo Diretor de Dados e Métodos para Inovação Caio Werneck e facilitada pela equipe do (011).Lab, para discutir o tema central. A disposição do auditório foi trocada por rodas de conversa, em grupos de pelo menos cinco pessoas, e resultou em uma integração entre diversos Órgãos e carreiras da Prefeitura em prol de uma cidade inteligente, seguindo o roteiro da oficina.

O encerramento teve a devolutiva do especialista Bill Finnerty às perguntas elaboradas pelos grupos, e a fala de André Tomiatto, que destacou a importância de se reunir diferentes carreiras e perfis da Prefeitura em torno do tema, para que seja possível construir, em conjunto, um programa de cidade inteligente para São Paulo. Ao fim, os servidores (as) participantes foram convidados (as) a descrever em uma palavra o evento, escrevendo-as em um quadro na saída da Sala do Conservatório da Praça das Artes.

Para ver mais fotos do evento acesse o link: https://goo.gl/xzp4gz