Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Facebook investe em centro para impulsionar o segmento de inovação em São Paulo

FOMENTO

Empreendedorismo

Facebook investe em centro para impulsionar o segmento de inovação em São Paulo

Estação Hack será um espaço que vai reunir interessados em tecnologia, inovação e empreendedorismo. Local abrigará diversas iniciativas, incluindo cursos gratuitos de programação
Facebook investe na inovação em São Paulo

Na manhã desta segunda-feira, 28/8, a secretária municipal de Trabalho e Empreendedorismo, Aline Cardoso, representou o prefeito João Doria na cerimônia de apresentação do projeto Estação Hack – uma parceria entre o Facebook, a prefeitura e empresas renomadas no segmento de inovação e tecnologia. O evento, realizado na avenida Paulista, contou também com a participação do secretário municipal de Inovação e Tecnologia, Daniel Annenberg e do vice-presidente do Facebook da América Latina, Diego Dzodan.

Considerado um projeto inédito no país, o espaço está previsto para ser inaugurado até dezembro deste ano e pretende oferecer mais de 7 mil bolsas de capacitação profissional. Deste total, 2,2 mil vagas serão para cursos de tecnologia, 1,2 mil para workshops de empreendedorismo, 2 mil para marketing digital, 1,4 mil para aulas de preparação para o mercado de trabalho, beneficiando alunos do ensino médio da rede pública, além de 600 vagas para o Acampamento de Inovação, programa que tem o objetivo de ensinar adolescentes a criar soluções usando abordagens inovadoras e colaborativas.

Para a secretária Aline Cardoso, o centro foi construído justamente no momento em que a cidade mais precisa de novas iniciativas com esse perfil. “São Paulo tem uma grande sensibilidade por temas como tecnologia e inovação e essa ação conjunta será um grande êxodo da construção de uma política pública que beneficiará todo um ecossistema da nossa cidade. Se nós nos unirmos, vamos conseguir transformar o futuro dos jovens. E esse é o nosso objetivo”.

De acordo com Diego Dzodan o objetivo do espaço é "ajudar na capacitação do jovem brasileiro para atuação em algumas das profissões do futuro, dentro de um ambiente de estímulo à inovação".

A Estação Hack conta com três salas com 40 lugares cada, além de 52 estações de trabalho, nas quais 10 empresas digitais (com projetos de impacto social) poderão trabalhar a cada semestre. O espaço também sediará sessões de programas de empreendedorismo e marketing digital, do próprio Facebook, como o Impulsione Seu Negócio e o #ElaFazHistória, que já ajudaram mais de 200 mil pequenos e médios empreendedores brasileiros desde 2015.

Saiba mais sobre a Estação Hack www.facebook.com/estacaohack/