Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Na Campus Party, oficinas do Vai Tec reuniram especialistas e autores de projetos premiados

Na Campus Party, oficinas do Vai Tec reuniram especialistas e autores de projetos premiados

Vencedores deram depoimentos sobre a experiência de desenvolver projetos ligados à tecnologia
Campus Partry teve oficina com premiados do VaiTec

 

A Campus Party, que encerrou a temporada 2017 no último domingo, 5 de fevereiro, proporcionou, entre as diversas atrações aos visitantes, oficinas do Vai Tec. O programa que valoriza iniciativas tecnológicas, sob coordenação da Agência São Paulo de Desenvolvimento (Adesampa), em cooperação com a Secretaria Municipal de Trabalho e Empreendedorismo (SMTE), foi o foco de quatro encontros com autores de projetos premiados nas duas edições e também com especialistas de diversas áreas para auxiliar na troca de experiências. Veja mais fotos das oficinas do Vai Tec clicando aqui.

Mediaram os debates, com temas distintos em cada dia, Agostinho Tadashi Ogura e Ros Mari Zenha ambos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT); Ana Marisa Tavassi, do Instituto Butantã, e Maria Paula Dallari Bucci, especialista da USP.

O secretário de Trabalho e Empreendedorismo, Eliseu Gabriel, em visita ao evento, ressaltou que é importante conhecer e entender o poder público para aperfeiçoar os projetos.

Para a professora Maria Paula Dallari, que mediou a oficina “Instituições Públicas Eficazes”, encerrar os encontros com representantes do poder público e os empreendedores demonstrou avanço da organização. “O Vai Tec é um programa importantíssimo, pois a Prefeitura organiza e financia, então ela tem a condição de saber se um projeto vai dar certo ou não para suas necessidades”, complementa.

Já a pesquisadora do Instituto Butantã, Ana Marisa Tavassi, que esteve à frente da oficina “Saúde e Bem-Estar”, avaliou como relevante criar canais de comunicação entre os vaitechianos (nome dado aos participantes do Vai Tec) para ajuda mútua. “Tem projetos que se aproximam no objetivo e que podem unir forças na colaboração e solucionar problemas semelhantes, por exemplo”, destaca.

Com o foco no tema “Igualdade de Gênero”, Zenha, que integra o conselho de administração do IPT, falou da importância da parceria entre as secretarias e novos projetos. "A sugestão é que haja mais união entre as mulheres para podermos ajudar a alavancar o trabalho feminino", diz a mediadora.

Aplicativos - O criador do projeto Vitaeh, Vanderlei Santos, presente ao debate sobre Instituições Públicas Eficazes, destacou a importância do programa e dos encontros. “O grande apoio do VAI TEC, além do recurso financeiro, é o de criar um espaço para que a ideia possa ser discutida e alavancada. A Campus Party é um dos maiores eventos de iniciativas tecnológicas, é o celeiro de ideias e projetos inovadores, então é ótimo saber que o Vai Tec esteve presente”, relata.

O Vitaeh, um dos vencedores da primeira edição, é um aplicativo que visa orientar estudantes do Ensino Médio e do último ano do Fundamental II, na escolha da carreira a seguir no mercado de trabalho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para Joana Darc Rosalvo, quarta colocada na segunda edição do prêmio, com um aplicativo que visa auxiliar a comunicação de pessoas portadoras de deficiências, a oportunidade de ampliar o debate e auxiliar outros participantes é gratificante. “Meu projeto é bem simples, mas com grande potencial para ajudar pessoas em condições de deficiência. Já fizemos a primeira prestação de contas para a organização do programa e está bem encaminhado. O aplicativo não visa lucro, queremos ajudar mesmo. Acredito que visões diferentes podem auxiliar na resolução de problemas”.

Rosalvo, uma das autoras do projeto, apresentou sua experiência na oficina de Saúde e Bem-Estar. Ela é mãe de Vitória Régia Rosalvo, que deu nome ao aplicativo e possui paralisia cerebral. O recurso ajuda em tarefas simples do dia a dia, como pedir alimento ou mesmo auxílio às necessidades básicas.

Agostinho Tadashi Ogura mediou a oficina "Cidades e Comunidades Sustentáveis, que abriu os trabalhos do Vai Tec na Campus Party, e o conteúdo foi bastante impactante aos presentes.