Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Secretaria do Trabalho dá salto digital e lança aplicativo com serviços do CATe, na 1ª Semana do Trabalho, Emprego e Renda

APLICATIVOS

CAT-e

Secretaria do Trabalho dá salto digital e lança aplicativo com serviços do CATe, na 1ª Semana do Trabalho, Emprego e Renda

Desde o primeiro dia do evento, a tenda montada no Vale do Anhangabaú recebeu quase 10 mil visitantes, durante essa semana. Mais de 8 mil participaram de processos seletivos e 4.225 candidatos tiveram suas fichas pré-aprovadas para possível contratação pelas empresas
Secretaria do Trabalho dá salto digital e lança aplicativo com serviços do CATe

  

A Secretaria do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo (SDTE) lançou oficialmente nesta sexta-feira, 15, último dia da 1ª Semana do Trabalho, Emprego e Renda, o aplicativo com os serviços do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe). O evento recebeu 9.860 visitantes, de 11 de maio até às 13h desta sexta-feira. Destes, 8.582 passaram por processo seletivo realizado no local por alguma das 16 empresas que trabalham em parceria com CATe, sendo que 4.225 tiveram suas fichas pré-aprovadas para possível contratação pelas empresas que participaram do evento.

O aplicativo CATe eletrônico, desenvolvido para celulares com sistema Android, iOS e Windows Phone, amplia as possibilidades na busca por vagas de trabalho e garante mais facilidade ao acesso dos serviços oferecidos pelo CATe, para trabalhadores, empresas e microempreendedores. O CATe eletrônico já está disponível para download na plataforma Android. Usuários de celulares iOS e Windows Phone poderão acessar os serviços em até 10 dias úteis.

A ferramenta permitirá a visualização de vagas de emprego, a consulta de currículos por empresários, orientações ao microempreendedor, acesso ao portal do MTE (Sistema Mais Empregos do Ministério do Trabalho e Emprego), entre outros.

O perfil do aplicativo foi desenvolvido para funcionar 90% offline e 10% online, o que significa dizer que o usuário poderá visualizar diversas informações, verificar as programações do CATe Móvel e das oficinas de orientação ao trabalho sem a necessidade de estar conectado à internet. Já para a visualização atualizada das vagas disponíveis no banco de dados do CATe, a pessoa deverá estar conectada a um 3G ou Wi-fi. As informações serão atualizadas diariamente e as vagas estão sujeitas ao preenchimento, conforme a procura.

"Essa é mais uma demonstração do esforço feito pela Prefeitura Municipal de São Paulo e pela nossa Secretaria, em conjunto com nossos parceiros, para fortalecer a intermediação da mão de obra e a capacitação de vagas. É uma modernização à realidade da nossa cidade", disse o secretário municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo, Artur Henrique.

A ferramenta foi desenvolvida pela empresa Neolig, especializada no segmento de tecnologia mobile, em especial no Sistema Nacional de Emprego (Sine). Segundo os executivos da empresa, o sistema operacional Android foi priorizado, pois cerca de 70% da população mundial utiliza a plataforma.

Outro dado apontado pela Neolig e que mostra o protagonismo da capital em buscar soluções tecnológicas, é que o Estado de São Paulo concentra por volta de 9,5 milhões de celulares ativos. “Com esse aplicativo, os moradores da cidade, que têm um aparelho celular com internet, passarão a ter os serviços do CATe na palma da mão”, ressalta o diretor-executivo da Neolig, Marcony Souza.